segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Cachoeira da Onça, Presidente Figueiredo

* Atualizado em 07/12/2015

Foto: André Maués

A Cachoeira da Onça é uma ótima opção para quem busca um passeio de ecoturismo leve e acessível para toda a família. De acesso fácil e com uma boa infra-estrutrura de apoio, a cachoeira ainda assim não deixa de oferecer um ótimo contato imersivo com a natureza amazônica.

A cachoeira fica localizada dentro de uma reserva administrada pela Fundação Rede Amazônica, cuja entrada fica apenas alguns metros após o núcleo urbano de Presidente Figueiredo. A propriedade conta com estacionamento próprio e a entrada custa R$10 por pessoa.

Para chegar até a cachoeira você deve caminhar por uma trilha bem sinalizada por cerca de 15 minutos. O caminho é extremamento agradável e bem-cuidado, e as diversas espécies vegetais que aparecem pelo meio da trilha são devidamente identificadas com placas padronizadas. Também estão espalhados ao longo de toda a trilha diversos bancos de madeira, que permitem àqueles que assim desejarem uma pausa para descansar e admirar a natureza ao redor. 

Na metade do caminho, encontramos o Rio Urubuí. De águas negras e calmas, ele reflete o verde das árvores nas suas margens e nós o atravessamos através de um simpática ponte suspensa.

Logo após este trecho, a trilha se torna ainda mais atrativa, já que passamos a acompanhar lado a lado o igarapé que mais na frente formará a Cachoeira da Onça. Antes de chegar nela, porém, encontramos uma escada de madeira que nos leva a uma belíssima piscina natural formada por uma outra queda d’água, esta sem nome, mas que faz parte do mesmo igarapé da cachoeira principal. Na época da seca, uma pequena praia se forma no local, tornando este um dos principais atrativos da reserva.

Já no final da trilha atravessamos uma passagem estreita entre duas grandes rochas e damos de cara com uma charmosa palhoça. Utilizada como ponto de apoio e abrigo para os dias de chuva, a estrutura fica em frente à Cachoeira da Onça. Ela é formada por duas quedas d´água com cerca de 10 metros de altura e o fluxo de água não é muito forte nem mesmo na época da cheia, o que garante uma boa área para adultos e crianças tomarem banho tranquilamente e simplesmente admirarem os raios de sol que lutam para atravessar a frondosa copa das árvores. 

Resumindo...

Localização: Km 108 da rodovia BR-174.

Como chegar: A entrada da reserva onde está localizada a cachoeira fica do lado esquerdo da rodovia e pode ser identificada por meio de um grande bambuzal e uma placa com a cara de uma onça. Se não estiver de carro, você pode contratar um mototaxista ou, se preferir, pode até mesmo ir caminhando, já que o local fica apenas alguns metros após o núcleo urbano de Presidente Figueiredo.

- A entrada na reserva custa R$10 por pessoa e não é necessário guia, já que a trilha é bem sinalizada e dura apenas 15 minutos.

- Perto da cachoeira há uma palhoça para apoio e abrigo em caso de chuva. No entanto, não há qualquer local que venda bebidas e alimentos na reserva. Por isso, se quiser, leve sua própria comida, lembrando sempre de recolher todo e qualquer lixo e resíduos gerados.

- Não deixe de conhecer a queda d’água localizada antes da cachoeira principal, a qual forma uma belíssima piscina natural.

- Como de praxe na maioria das cachoeiras de Presidente Figueiredo, nossa sugestão é que você visite o local aos sábados ou durante a semana. Aos domingos há sempre o risco de haver um excesso de visitantes, o que tira o prazer de um contato mais tranquilo com a natureza.


Foto: Ramon Vicente


Foto: Bruno Rocha

A simpática ponte suspensa que atravessa o Rio Urubuí.


Foto: Pedro Sander


Foto: Bruno Rocha

Em determinado momento, a trilha passa a acompanhar lado a lado o igarapé 
que forma cachoeira, tornando o caminho extremamente agradável.


Foto: Bruno Rocha


Foto: Pedro Sander


Foto: Pedro Sander

Antes de chegar na cachoeira principal encontramos uma outra
queda d'água, sem nome definido, que forma uma belíssima piscina natural.


Foto: Pedro Sander


Foto: Pedro Sander


Foto: Pedro Sander


Foto: Pedro Sander


Foto: Bruno Lopes


Foto: Marcus Bessa

Para mais informações, acesse Descobrindo o Amazonas: Presidente Figueiredo.

IMPORTANTE: Algumas fotos foram tiradas diretamente da internet. Elas tem o único propósito de divulgar as belezas do Amazonas e eu não possuo direito autoral algum sobre elas. No caso de fotos cujos nomes dos autores não aparecem, isso quer dizer que os mesmos não foram identificados nos sites de onde foram colhidas as fotos. Caso algum autor queira que eu identifique/corrija seu nome na foto, basta deixar um comentário. Da mesma forma, caso algum autor deseje que eu retire a sua foto do blog, basta se manifestar que eu o farei. Obrigado pela compreensão.

2 comentários:

  1. Oi tem algum número de telefone que eu possa entrar em contato por favor. 92 991757496 entre em contato comigo.obrigada


    ResponderExcluir